DOCUMENTÁRIO

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

A CIDADE SEM PASSADO

Renan Turci, Unespar

Novas notícias fazem com que uma antiga amiga se recorde de Cassoulet, há tempos ausente. Ela lhe escreve uma carta em que expressará a tristeza que é a sua falta na Cidade e as consequências irremediáveis desse ausência: a destruição do passado.

BATALHA DA CONCHA

Lucas de Godoy Chicarelli (Direção de Jessica Santos), UEL

O curta documentário Batalha da Concha conta a história do evento que começou entre amigos como forma de treinamento e se tornou a maior batalha de rimas do sul do Brasil. Relato intimamente ligado a forte história do Rap na cidade de Londrina.

FORA DA CAIXA

Eduardo Martins, UFPR

Fora da Caixa é sobre a arte de lutar contra moinhos de vento. Uma provocação. E o sabor do ar rarefeito das grandes ideias.

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

LUIZA

Caio de Campos, Unespar

“Luiza” trata da delicada relação entre uma jovem deficiente e o universo que a cerca, tendo a sexualidade como fio condutor para abordar questões como preconceito, relações entre pais e filhos, super-proteção da família, autonomia, diferenças e amor.

MI ABUELA, MI SANACIÓN

Nicole Loiola e Kariny Martins, Unespar

“A sincronicidade está correndo pelas veias do tempo e espaço, ecoando em nossos corpos e trazendo à tona todo poder de cura da natureza e dos saberes ancestrais. Isso é força!”

PHOOL

Barbara Rodrigues Costa e Kévin Nelson, UEM

Phool trata da brevidade da trajetória da vida através de signos e de elementos da religião hindu.
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

Primavera Secundarista

Maira Kaline Januario Cabral, UTFPR

Primavera Secundarista apresenta o movimento de ocupação de escolas e universidades ocorrido em 2016 em cerca de 1100 escolas no Brasil, das quais 850 no Estado do Paraná, como resistência dos estudantes contra a Medida Provisória 746 de Reforma do Ensino Médio e outras, como o Projeto de Emenda Constitucional 55 que congela os gastos públicos por vinte anos.

FICÇÃO

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

ALÉRGICA

Débora Oliveira Primo de Souza, UEM

Um rapaz apaixonado vai visitar a sua amada de mãos vazias. Percebendo que essa não seria a melhor das ideias decide levar para ela uma flor.

BON APPÉTIT

Bianca Seabra de Freitas Barbosa, UEM

Duas amigas vão a um restaurante para almoçarem juntas. Porém, o que era para ser um almoço tranquilo e saboroso, acaba se tornando uma refeição recheada de trapalhadas graças a garçonete do local.

COMPACTO

Guilherme Vinícius Perusseli e Equipe, UEM

“Um mímico faz um pacto com o Diabo para conseguir poderes, mas o que ele não esperava eram as consequências deste contrato.”

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

DISTONIA

Mariana Hino Boaventura e Equipe, Unespar

Impossível não se sentir diminuído ao olhar para o passado. Eu busquei por algum estoque de glória que possa ter perdido pelo caminho e tudo que vi foi uma casa ordinária, em uma rua ordinária. Talvez essa não fosse a vida que eu queria. Talvez eu nunca tenha feito parte dela, como se desde o primeiro respiro eu soubesse que esse não era o mundo que eu esperava. Tenho me deslocado no tempo, movido a pequenos desejos e tentativas, angustiado pela percepção de que um dia tudo isso se tornará apenas uma lembrança, e depois, vazio.

ÉDEN

Stefano Lopes dos Santos e Vanessa Leal, Unespar

No princípio, era o verbo. No fim, os silêncios.

FELIZ NATAL

Herminia Caroline Morais Mota, Unespar

Na véspera de Natal, todas as famílias querem a perfeição na ceia. Além disso, todo mundo procura presentes para as pessoas mais especiais. Mas o Natal pode ser mais do que isso.

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

HEROÍNA

Gabriel de Almeida Ramos, UNILA

Paula, uma jovem de 23 anos, vive com seu namorado durante os anos de chumbo da ditadura civil-militar brasileira. Ela é coagida por um amigo próximo a transportar um pacote e se envolver em atividades ilícitas.

LA VIE: PERTES ET RECOMMENCEMENT

Anna Bárbara Moraes Vollertt, UEM

La Vie: Pertes et recommencement conta a história da vida e suas consequências, como o nome sugere, as perdas e os recomeços estão fixados nas veias de nossas vidas.

LUTO

Eduardo Martins Zimmerman Camargo, UFPR

Da janela, duas mulheres encaram o Golpe. Quando o silêncio entre elas se torna insustentável, é preciso sair da zona de conforto.

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

MIRA

Janaína da Veiga, Unespar

Fátima vê uma estrela cadente e faz um pedido. Lá fora, ela terá que lidar com seus monstros, sejam eles reais ou não.

EXPERIMENTAL

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

CHAMA

Nathalia Mendes de Oliveira, Natália Moya e Mariana Boaventura, Unespar

“Chama” se trata de um vídeo dança com inspiração cubista realizado para a matéria de história da arte, onde se buscou o equilíbrio entre uma coreografia mais fluída com uma estética rígida e marcada. Produzido inteiramente por mulheres recém ingressas na faculdade de cinema, o trabalho possui características experimentais visto que as realizadoras enxergaram na oportunidade uma forma de testar colagens e cores em movimento.

PELE DE PANO

Rodrigo Cabrini Dall’Ago, Unifamma

Uma pinta que anda foi avistada pela última vez atrás do depósito. Um boneco de pano faz companhia a uma mulher. Um homem fala com a câmera. Se prestar atenção, vai perceber que no estranho há linguagem, há padrão, há sintonia. Quão bizarro é costurar o próprio braço ou acreditar no absurdo? Qual a relação entre os personagens? Fica ao espectador a responsabilidade de costurar sua própria Pele de pano.

SAUDÁVEL = TRANSTORNO

Luiz Gustavo Moreira Padovani, EMBAP

A visão de um corpo tentando encontrar respostas em vários tipos de texturas, sistemas, sons e movimentos em uma situação em que algo em condições perfeitas provoca desordem. Para a maior parte, a busca é de dentro para fora, mas não é descartada a necessidade de mudar essa ação.

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

SERTRAMENTALHA

Juliane Portal de Souza, UEM

A cinzenta massa é talhado no início de cada manhã, penteio a desordem de neurônios que irrompem a cada novo trago, ardente afago, substancialmente me divago nas paredes de um, guarda roupa. Como agulha eufórica os dedos despontam a cruzilhada de fetos, em um corpo ereto donzela de laranjas corrompidas em devaneios, à beira do surto ou do culto? Acordei 06:45 vesti paetê e em um breve corre me chamei de Padê.

TELLUS

Anna Clara da Silva Petracca e Rayman Virmond, Unespar

Gaia surge do caos. É a personificação feminina da Terra e força geradora de três filhos sem pai: Pontos, o mar primitivo; Oreas, as montanhas; e Urano, o céu. Tellus é a terra mater, o solo fértil, sobre o qual existem os elementos se geram entre si. O filme explora as linhas territoriais e naturais do corpo da mulher e da Terra, permeando as fronteiras entre o documental poético e a ficção experimental. Utilizando a mitologia greco-romana como estrutura fílmica, Tellus sugere a libertação de um corpo marcado.